Como garantir um bom atendimento aos seus pacientes no retorno às atividades


A crise causada pela COVID-19 é uma realidade não apenas no Brasil, mas em todo mundo. Nos últimos meses pudemos sentir o seu impacto tanto em nossa vida pessoal quanto nos empreendimentos de diversos setores, inclusive entre as clínicas e consultórios médicos e odontológicos.
 
Todos tivemos que nos adaptar a essa nova realidade, seja nos isolando socialmente ou encontrando novas maneiras de trabalhar. O importante agora é  entender como essas questões serão tratadas e como isso influenciará a nossa vida após a pandemia.
 
Uma coisa é certa: as medidas de isolamento tendem a se tornarem cada vez mais flexíveis, mesmo sem a redução dos casos a níveis aceitáveis. Isso impacta diretamente na maneira que as pessoas estão procurando os serviços, encarando as urgências e entendendo que algumas situações podem ser deixadas para depois.
 
Por conta dessas questões, é importante que os gestores e dentistas entendam quais são as novas necessidades dos seus pacientes e, dessa forma, consigam se adaptar, oferecendo a eles a melhor experiência. Quer saber como isso é possível?
 

Mudanças necessárias e enfrentamento da pandemia

Já falamos anteriormente sobre o que fazer em momentos de crise, [Linkagem: http://quickcheck.com.br/o-que-fazer-em-momentos-de-crise/] em que o foco era no estabelecimento e no andamento da clínica odontológica. Agora, devemos entender quais são as expectativas e, principalmente, as dificuldades que os seus pacientes podem enfrentar. Vamos ver algumas das principais questões.

Comunicação

Se pudemos perceber algo nos últimos meses é a importância da comunicação. Afinal, apenas dessa forma foi possível garantir o bom funcionamento das empresas em diversos segmentos, por se fazer necessário manter todos corretamente informados para garantir a segurança psicológica dos colaboradores e orientar a população.
 
Além disso, é essencial que as clínicas  não apenas entendam a importância das medidas de biossegurança, mas também que saibam comunicar isso aos seus pacientes, afinal, muitos ainda estão receosos em retornar às clínicas e consultórios. Isso significa que a confiança precisa ser muito bem trabalhada, como uma maneira de garantir a melhor experiência e, principalmente, a segurança para todos.

Teleatendimento

Apesar de ter encontrado muita resistência inicial, a verdade é que a quarentena mostrou a sua importância, principalmente em momentos extremos. Muitos profissionais acreditam que essa nova modalidade se consolidará como uma realidade pós-pandemia.
 
Entretanto, sabemos como isso é um enorme desafio na Odontologia e com certeza não irá substituir os atendimentos presenciais e, principalmente, os tratamentos, que apenas podem ser realizados dentro do consultório. 
 
O teleatendimento, então, está mais propenso a ser adotado em casos de primeiras consultas avaliativas e possíveis retornos de procedimentos, apenas para garantir que tudo ocorreu conforme o esperado. Ainda assim, essa não é uma ideia amplamente conhecida, fazendo com que muitos pacientes encontrem diversas ressalvas neste tipo de atendimento, optando e preferindo pelo presencial.

Experiência dos Pacientes

Uma das principais mudanças nos atendimentos médicos e odontológicos foi a questão dos agendamentos. Anteriormente à pandemia, muitos profissionais da área da saúde atendiam os seus pacientes conforme eles chegavam, sem horários marcados.
 
Isso, em tempos de pandemia, mostrou-se perigoso. Sendo assim, diversos médicos e dentistas preferiram pelos agendamentos e, principalmente, com tempos espaçados entre um e outro, para garantir que toda a limpeza e desinfecção necessária do consultório fosse realizada, sem influenciar nos demais horários.
 
Aqui, portanto, podemos falar da satisfação dos pacientes como um dos desafios do setor odontológico na pós-pandemia, em não precisarem esperar para serem atendidos em salas cheias. Isso mostra como até mesmo esses processos estão sendo revistos, gerando melhorias na experiência dos pacientes, assim como de seus familiares.
 
Além disso, devemos ter em mente que muitas pessoas estão passando por momentos difíceis em relação a sua situação financeira, de complicações e incertezas. Isso com certeza impacta diretamente nos tratamentos propostos pelos profissionais, assim como a aceitação do orçamento ou não.
 
Devemos entender que a área da saúde está passando por transformações e precisa aprender a priorizar e redefinir processos, dar mais agilidade aos seus atendimentos e, principalmente, gerenciar expectativas inéditas de seus pacientes. Aqui entramos  com uma solução para você.
 
Através dos planos da QuickCheck, você pode descobrir quanto os seus pacientes podem investir em tratamentos, assim como proporcionar parcelamentos personalizados, com pagamentos mais viáveis.